IMPORTA OLHAR

IMPORTA OLHAR

31
OUT
2021

Em Novembro de 2021, a 26.ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas junta 197 países com o objetivo comum de alcançar uma meta essencial: reduzir o aumento da temperatura global até ao fim do século a 1,5 graus centígrados (ºC) acima dos valores da era pré-industrial.

A crise climática diz respeito a todos nós. Estamos de forma sucessiva a cometer os mesmos erros e a deixar o nosso Planeta num estado que inevitavelmente hipotecará as gerações futuras, humanas e animais, sendo desde já visíveis no momento presente algumas das graves consequências.

O planeta Terra é o nosso lar e tem vindo a proporcionar os recursos necessários à nossa vivência. Todavia, hoje consumimos mais recursos do que aqueles que a Terra produz, encontrando-se neste contexto o nosso planeta em contagem decrescente acelerada. O que acontece hoje é o resultado da convivência da humanidade com o planeta que habitamos e que não raras vezes não respeitamos. A nossa vida na Terra depende da sustentação dos ecossistemas que o planeta nos fornece e a pegada ecológica é a forma de medir este capital natural.

Sabia que em 2019 o Planeta Terra consumiu todos os recursos naturais do ano a 29 de Julho? Essa foi a data mais prematura de sempre. E o que é que isto significa? Que a capacidade do nosso Planeta de regenerar os seus Recursos não consegue acompanhar a procura do ser humano.

O primeiro passo para tentar contrariar esta tendência é compreender o impacto das nossas escolhas no Mundo, a Pegada Ecológica.

O momento crítico que estamos a viver requer ação urgente. Mas ainda há quem não queira ver.

Basta olharmos à nossa volta para constatar que estamos inseparavelmente cercados por objetos materiais, sejam estes necessários na nossa vida, ou supérfluos. Se pensarmos que para cada pedaço dos objetos que usamos, existe uma crescente rede de ações globais que está lentamente a esgotar os recursos da Terra e a degradar os habitats do nosso planeta, talvez adquiríssemos apenas o essencial.

O CO2 está a destruir o planeta e hoje enviamos cerca de 40 bilhões de toneladas métricas de poluição de CO2 à nossa atmosfera, por ano.

As causas para a degradação do nosso Planeta são múltiplas: desflorestação, pesca excessiva, agricultura intensiva, caça ilegal, poluição e acidificação dos oceanos, aquecimento global… e as consequências ainda mais devastadoras.

Nas nossas florestas temos cada vez mais espécies exóticas em extinção, nos nossos oceanos cada vez menos corais vivos e toneladas de plástico que sufocam e estrangulam milhares de animais provocando a sua agonia e morte.

  • Temos populações globais de mamíferos, pássaros, peixes, anfíbios e répteis em colapso.
  • Temos gelo a derreter a cada dia. 34% das plataformas de gelo da Antártida podem desaparecer até o final deste século. O mesmo está a acontecer no Ártico, podendo levar os ursos polares à extinção até 2100.
  • Temos florestas tropicais a serem exploradas e destruídas pela ação humana numa escala nunca antes registada.
  • Temos todos, seres humanos, vegetais e animais, uma menor qualidade do ar.
Os campos de cultivo não resistem à falta de chuva, existindo longos períodos de seca extrema, originando fome a milhares de seres humanos. (A seca em Madagáscar é já descrita pela ONU como a primeira causa de fome provocada diretamente pelas alterações climáticas).


Não temos como não ver. E como estamos a ficar sem tempo urge atuar.


A Optocentro, atenta ao impacto negativo da ação humana, quer apoiar e contribuir ativamente para esta causa. Ideias empreendedoras, inovadoras, tecnológicas e sustentáveis poderão ter um papel fulcral e determinante para a sustentabilidade do nosso planeta, sendo que a educação para a redução da pegada ecológica deve ser mais do que incentivada, obrigatória. Desde logo nas escolas e não apenas como um meio de atingimento de ganhos financeiros, mas também e par a par com estilos de vida cada vez mais saudáveis e amigos do ambiente, através de negócios e ações que a isso transportam.

Na Optocentro estamos a tomar medidas para que possamos ser uma instituição mais sustentável e estamos a trabalhar para contribuir para um mundo mais limpo.
Aqui, o cliente pode deixar as suas lentes de contacto usadas e também os óculos que já não usa. Utilizamos a reciclagem para reaproveitamento do que foi descartado, nomeadamente lentes de contacto e ao darmos uma nova vida às armações usadas utilizamos a economia circulatória para ajudar quem mais necessita.
Mas não podemos parar por aqui. Há sempre mais para fazer. Pelo planeta, por todos nós e pelo futuro.
Como instituição atenta, ativa e responsável, queremos continuar a explorar os caminhos mais sustentáveis e a alertar para as graves consequências que as más ações provocam no nosso Planeta.
Sabemos que ainda temos um longo caminho a percorrer, mas estamos cientes da urgência da ação e de que é possível senão inverter o ciclo, atrasar a contagem. Porque…

Importa olhar*. Mais do que nunca.


*Esta nova campanha Importa Olhar, é um alerta para o impacto dos humanos no meio ambiente. Terá a duração de aproximadamente 7 semanas, sendo o término no dia 20 de dezembro.
DICAS
CONTACTE-NOS